Pré-venda Odisseia Baiana


Há 2 anos venho produzindo de forma independente meu primeiro trabalho solo. Um trabalho sincero, traduzido em música e contando um tanto sobre mim e sobre o meu mundo, as pessoas e as coisas com as quais me relaciono. A história de um Ulysses baiano, os sambas e os passos foram produzidos com muito zelo e muito carinho. E eu não fiz isto sozinho.

Por trás de cada faixa há uma equipe fazendo a música acontecer. Técnicos, músicos, engenheiros de som, fotógrafos, designers, amigos e agregados. O trabalho de cada profissional é delicado e deve ser valorizado. Foi o que busquei fazer durante estes 2 anos de gravações com recursos próprios e consegui realizar. O disco está totalmente gravado e em fase de mixagem e masterização. A previsão de lançamento digital é no 2º trimestre de 2016 e o show de lançamento do disco físico também.  Neste ponto é que gostaria de contar com a presença de todos os amigos e amigas, familiares e amantes da música.

Através do financiamento coletivo, as colaborações que vocês puderem dar ao projeto vão me ajudar a custear a prensagem de 1000 (mil) cópias do disco físico Odisseia Baiana, com capa e encarte criados pelo artista plástico Ray Vianna, além do material sonoro com produção e direção musical de Paulo Mutti. Você recebe o CD em casa contribuindo com o valor de R$30, mas tem outras recompensas também, como o disco + ingressos para o show de lançamento em Salvador (data a confirmar) por R$50, entre  outros valores e recompensas justas. É só ver ao lado. Assim, o apoiador pode doar também de forma anônima ou escolher uma das recompensas à disposição.

Tenho muita confiança que tudo vai dar certo e que a força e o carinho de todos e todas vocês farão parte do nascimento desta odisseia.

O disco Odisseia Baiana é influenciado por diversos elementos contemporâneos,  dialoga com texturas inspiradas na música erudita, no jazz, no rock e na música afro-baiana. Na equipe que fez parte das gravações, estão nomes como Joatan Nascimento, Ivan Huol, Gabi Guedes, Maestro Bira Marques e Rowney Scott, músicos que já participaram de gravações de figuras como Caetano Veloso, Carlinhos Brown, Arnaldo Antunes, dentre outros. O álbum contou com as participações de Mateus Aleluia, do grupo Tincoãs, Bruna Barreto, Danilo Fonseca e Ian Lasserre. Trata-se de um trabalho que aponta novos e ousados caminhos, ainda pouco explorados no universo da canção produzida na Bahia nas últimas décadas.

Antes mesmo de seu lançamento oficial, os resultados deste projeto já começaram a surgir a partir do lançamento on-line de dois singles: a faixa homônima ao disco, ?Odisseia Baiana?, foi a música vencedora nas categorias de ?Melhor Canção? e ?Melhor Arranjo? do Prêmio Caymmi de Música 2015 e a canção ?Dança dos Mundos? foi uma das selecionadas no Festival de Música Educadora de 2014.

Atuo na cena soteropolitana desde 2009, como produtor, cantor, instrumentista e compositor. Formei o grupo Panos e Mangas e já participei de projetos como 4 Cantos e Manotropo. No Carnaval de Salvador de 2013 fiz parte do projeto ?Kabaluerê?, cantando em parceria com a consagrada dupla Antônio Carlos e Jocafi. Estou há 2 anos desenvolvendo o projeto de lançamento do meu primeiro disco.

 

http://soundcloud.com/filipe-lorenzo

https://www.facebook.com/filipelorenzo1/

https://www.youtube.com/fglorenzo

INSTAGRAM: @fglorenzo

 

 

CUSTO DO PROJETO (%)