Parte - Rodrigo Alarcon

 

 

2015. Escrevi uma música no sofá da minha sala, talvez a mais despretensiosa de todas até hoje. Precisava apenas externalizar uma frustração. Mostrei pros mais íntimos que insistiram pra que eu gravasse. Mesmo desconfiado e não muito seguro mas sempre apoiado por amigos, gravei da forma que podia, o “O lado vazio do sofá”. Na solidão da madrugada de uma segunda feira, postei. O dia seguinte mudou minha vida. Desde então muita coisa aconteceu.

 

Toquei em diferentes cidades, conheci pessoas, fiz amizades, fiz e desfiz laços, explorei diferentes formas de arte, estudei e me redescobri como artista através, não somente das artes que marcam subjetivamente, mas também das que ficam gravadas literalmente na pele. Principalmente amadureci. A EP surgiu então de forma natural durante esses dois anos. Parte.

 

“Parte” como do verbo partir ou “Parte” como fração de um todo.

 

O álbum vem carregado de encontros e desencontros. Com proposta de humanizar sentimentos diversos, enxergar os desamores como necessários para crescer e aprender o que é o amor.

 

Com 7 faixas a EP conta com diferentes estilos musicais, do samba a o rock, passando pelo baião, mpb e até um flerte com o repente.

 

Conto com você pra fazer “Parte” e juntos concluirmos esse primeiro ciclo.

 

 

O que você ganha me ajudando?

 

Além de fazer parte da “Parte” pensei em algumas recompensas com diferentes valores, acessíveis para que todos que acreditem possam contribuir da forma que puderem. Afinal, se tem algo que não está: é fácil pra ninguém, hehe.

 

As recompensas são exclusivas para quem contribuir, de acordo com a escolha.

 

Vão do nome nos agradecimentos impressos na EP física, canecas, camisetas, al’em de tatuagens feitas por mim e pockt shows. Confiram meu trabalho como tatuador no @alarcontattoo no instagram.

 

 

Desde já agradecido,

Rodrigo Alarcon.