O tempo das coisas

Depois de anos de maturação (daí, também, o nome), eis que nasce "O tempo das coisas", meu primeiro disco autoral, filho de um parto um tanto complicado, mas que veio muito vivo e querido.

 

 

 

 

Oi, eu sou o Pitu!

 

Dois terços dos meus quase 30 anos de vida foram vividos ao lado da música, de várias maneiras possíveis: cantando e tocando em bares, estudando (nas aulas de violão/guitarra ou na universidade), compondo, ouvindo muita música, absorvendo tudo quanto é influência e me perguntando, a todo instante, que caminho seguir.

Como intérprete, ao longo de todo esse tempo, fui conhecendo pessoas, vivenciando experiências e formando público. Profissionalmente, permanecer nesse lugar era confortável, seguro e, de certa forma, satisfatório, afinal, por uma questão de história de vida e de identificação, as músicas do Milton Nascimento ou do Eddie Vedder, por exemplo, sempre fizeram muito sentido pra mim. No entanto, percebi que isso não impedia que eu próprio tentasse me expressar à minha maneira, e entre mil questões, dúvidas e crises, concluí que não tem jeito: o destino é ferro e fogo no tempo das coisas – juntei tudo o que aprendi e absorvi com os estudos e as referências, e dei vida às minhas próprias canções.

Quando parei pra ver o material que tinha em mãos (as canções), me dei conta de havia ali um traço comum: o tempo. Fosse pelo anseio de realizar algo imediatamente, pelo medo de nossa finitude, por todos as memórias que carregamos conosco ou simplesmente pela impossibilidade de segurar algo que precisava vir à luz, independentemente do que isso representaria pros outros.

Assim, fui experimentando, arranjando e gravando as músicas e dando forma ao disco "O tempo das coisas". Gravei e mixei todas as faixas e agora sigo pra próxima etapa: produzir o disco físico e trabalhar seu lançamento (a masterização foi feita pelo Daniel Stunges).

Depois de tantos anos dentro da zona de conforto, decidir investir, tempo, energia e criatividade no trabalho autoral é uma espécie de desafio, um recomeço.

 

LINKS PARA REDES SOCIAIS:

www.pitumusica.com.br

www.facebook.com/pitumusico

www.twitter.com.br/pitumusico

www.instagram.com/pitumusico

www.soundcloud.com/pitumusico

www.youtube.com/pitumusico