Música Cura

A Música é a única atividade capaz de acionar o todo o cérebro. Mais do que um entretenimento, a música também atua no bem estar físico, espiritual e emocional: diminui dores, libera endorfinas, relaxa, acelera a recuperação, diminui o estresse, equilibra a frequência cardíaca, eleva a alma, desenvolve o processo cognitivo e tem influência direta no comportamento infantil, contribuindo para o desenvolvimento social e emocional, por exemplo.

O Projeto Música Cura, do multi-instrumentista Webster Santos, oferece ao público a oportunidade de conhecer mais e melhor a Música Instrumental de alta qualidade, e, ao mesmo tempo, convida as pessoas a se envolverem em uma atividade terapêutica mundialmente conhecida pelos benefícios que traz: a música como harmonizadora da energia do ser.

Para o Músico, a experiência de compor e executar sua obra ampliando o significado real que ela tenha, vem a agregar ainda mais valor ao que já existe de modo superficial: uma composição musical. Indo além do ponto: quando essa composição, além de ser uma canção, passa a servir também como instrumento curativo, tanto o artista quanto o público saem ganhando na medida em que ambos trocam experiências e amplificam seu contato com outra dimensão, mais profunda — a interna e subjetiva. Exemplificando, é como uma Receita: num primeiro olhar, trata-se de um pedaço de papel com algo escrito. Mas, a partir do momento em que se exerce a atividade de seguir aquela receita, aprofunda-se a experiência, tornando concreta a atividade de produzir algo que servirá de alimento, além de ensinar a quem faz uso dela. Do mesmo modo acontecerá com a música dentro deste projeto: além de um pedaço de papel com uma partitura escrita, o Músico exercerá seu ofício de modo mais amplo, tratando inclusive o manejo dos instrumentos de uma forma já conectada à sua dimensão interior, a fim de proporcionar a ele a aos demais, um reencontro com esferas do ser que não são acionadas no cotidiano. 

Viabilizar um projeto inovador, empreendedor e ousado é tarefa gratificante, não só pelo teor Cultural & Terapêutico, como pelo significado multiplicador: a cada apresentação & prática, tanto o Entretenimento quanto a Cura são acionados. Quanto mais pessoas forem “atingidas” pelas vias da arte e da sanidade, mais resultados reais serão vistos. Quanto mais exercícios, mais atuação nas dimensões sutis de todos os envolvidos. E, quanto mais envolvidos, mais benefícios serão consolidados, indo muito além do âmbito apenas do lazer, atingindo a esferas mais elevadas.

A campanha de financiamento coletivo para a realização deste CD é o início desse trabalho, onde vou gravar 7 faixas criadas com base em estudo dos Chakras e as afinações que vibram de acordo com os princípios da geometria sagradas:

- Em 432 Hz, ressoam em harmonia com a natureza.

- Em 444 Hz, dentro dos estudos das frequências de Solfeggio 528 Hz esta relacionado a frequencia que acontecem os milagres;

 - As frequências de som que afetam as estruturas das células, o DNA;

- Bowls (Tigelas de cristal composta de 99,9% de cristal de quartzo).

Harmonizados com os instrumentos que toco, esse conjunto formará uma estética popular e universal que certamente tocará o coração e transportará o ouvinte para um lugar de paz.

Participe dessa campanha, apoie o projeto e garanta sua recompensa!

Para a concretização desse projeto, dividimos essa campanha de financiamento coletivo em 2 etapas:

Meta 1: R$ 24.520,00 Produção e realização do CD Música Cura

Para pagarmos a mixagem, masterização, material gráfico, prensagem, contrapartidas e comissão Partio

Meta 2*: R$ 30.310,00 = CD + Estúdio

Além dos trabalhos acima, precisamos pagar os custos com o estúdio e com nosso show de lançamento - na Gargolándia!

 

* Lembrando que a busca pela segunda meta só se inicia quando a primeira meta for alcançada

Como parte do projeto, o DIa de Música Cura é um evento que visa proporcionar um dia de retiro e bem estar em meio a natureza onde o participante poderá mergulhar em seu mundo interno, através da percepção dos sentidos. Trabalharemos os cinco elementos – terra, fogo, ar, água e o éter, através da música, do toque, da respiração, do contato com a natureza. O evento acontecerá em uma fazenda no interior de São Paulo, com apresentação especial de Webster Santos, práticas de meditação e yoga com Wal Nunes e mais 3 refeições inclusas.

Wal Nunes é professora de yoga meditação e terapeuta corporal. Busca através do Yoga e da Meditação levar conhecimento e auto cura, através da percepção corpo e mente com movimentos que despertam os centros enérgeticos, fortalece e e promove a flexibilidade da Coluna Vertebral. A meditação tem como objetivo despertar a percepção de que o corpo é o nosso primeiro reflexo do Divino. A meditação é inerente ao homem e o contato com nossa energia suprema pode ser alcançado por qualquer indíviduo

Você pode participar desse evento inédito e transformador apoiando a campanha para viabilização do projeto! É só escolher a contrapartida ao lado e garantir sua presença!

As Músicas, compostas por Webster Santos especialmente para possibilitar o projeto e agregar o valor terapêutico que ele proporciona, fazem uso do Bowl - Crystal Bowls ou Tigelas de Cristal, são tigelas de 99,99% de puro Cristal de Quartzo. Quando tocadas com um bastão vibram um som semelhante a um OM (AUM). A tecnologia com que são criadas usa sílica presente nos cristais de quartzo em forma de areia que, quando centrifugadas em molde em alta temperatura, forma a tigela e seu respectivo som. Cada Bowl vibra em uma nota musical específica ressoando em cada chakra (DÓ = Chakra Básico; RÉ = Chakra Esplênico; MI = Chakra do Plexo Solar; FÁ = Chakra Cardíaco; SOL = Chakra Laríngeo; LÁ = Chakra Frontal; SI = Chakra Coronário). Porém, todas elas quando tocadas reverberam por todo o corpo e por todo o sistema de chakras. Em ondas, esse som se propaga em espiral ao redor de quem toca e de quem ouve transmitindo sua vibração e intenções à distância. Além disso, a onda de som ressoa em nível molecular harmonizando corpos e equilibrando sistemas e hemisférios cerebrais.

A cura pelo som vem sendo estudada por cientistas ao redor do mundo e verificada a sua eficácia quando aplicada com qualidade em tratamentos. Sabe-se hoje que um som harmônico ressoa com as células que respondem a essa vibração gerando correspondência e conexão. Sempre que tocadas em atendimento, a intenção do tratamento se amplifica e penetra em níveis físicos e sutis fortalecendo e potencializando ainda mais o tratamento.

Sou Baiano, natural de Salvador, meu interesse pela música surgiu ainda menino, nascido num ambiente fértil musical: ouvindo minha mãe ao piano, meu avô clarinetista e minha tia tocando acordeon

Acredito que música está na vida do ser humano desde o seu nascimento, ao ouvir a voz carinhosa da mãe, “que coisa linda”, “olha o meu filhinho”,  etc… a voz chega a ele como “melodias” recheadas de amor. Ela faz parte da construção infantil seja para fazê-lo sorrir, para ninar ou para acalmar diante uma cólica — a música resulta no bem estar.

Assim, ao me descobrir músico, tornei-me instrumento ativo nessas vidas, somando minha arte ao acompanhar e gravar com cantoras e cantores. Com o interesse em me colocar à frente de um trabalho autoral, busquei o meu sentido em faze-lo. Daí veio a descoberta do Bowl — o responsável pela minha expansão de consciência relacionada a que a música proporciona física e quanticamente em bem estar e em cura. Venho trabalhado de forma diferente na minha intensão em cada momento que manuseio meus instrumentos. Depois de ter lançado o meu primeiro CD, já utilizando os bowls, comecei a produzir  um conteúdo musical com os bowls — papel mais à frente nas novas composições, que vão servir na soma e no encontro com as práticas de Yoga, Reike e práticas meditativas e de relaxamento.

Desde então venho me unindo a profissionais, fazendo essas vivências acreditando que posso doar meu talento e proporcionar mudanças sutis e significativas para o seres humanos.

Quer saber mais sobre meu trabalho e trajetória? Acesse: www.webstersantos.com.br

ATENÇÃO: Para pagamentos feitos com cartão de crédito internacional não é obrigatório o uso de CPF.