MamAjuda: O Financiamento Coletivo

Os mamutes foram extintos, você vai deixar o mesmo acontecer com a Mamamute? 

Você já teve um caso de uma noite? Isso acontece todos os dias com milhares de pessoas ao redor do mundo e com a Mamamute não foi diferente. Em uma JAM sem compromisso se deu o primeiro encontro entre os 4 músicos, que já se conheciam mas nunca haviam tocado juntos. Desde então foram memoráveis shows pela cena autoral, o que permitiu a experimentação e a constante reinvenção do som da banda. 

Disso formou-se um denso corpo de Rock, com a pegada do Soul, mas que te acaricia com o toque suave do Jazz e do Blues e ainda deixa no ar os aromas da música brasileira.

Inspirado, principalmente, pelo cotidiano das metrópoles do século XXI, a obra expõe a duração de um dia completo na rotina do cidadão comum. Ao longo da exposição, o eu-lírico se mostra como uma metamorfose social que se transforma a partir do ambiente à sua volta; ambiente este que, por sua vez, muda à medida em que passam as horas do dia. 

O disco conta com 12 faixas já compostas, arranjadas e produzidas pela própria Mamamute. Os desafios para a concretização desse trabalho são de caráter financeiro, já que todo o restante do projeto já está pronto para decolar!

Poucos dos artistas que lançam os seus trabalhos o fazem com recursos próprios.

O álbum “Cinza Concreto” está orçado em R$21.800,00 seguindo os dados da tabela:

É por isso que a Mamamute precisa de você! Faça parte da nossa história e trabalhe conosco para conseguirmos dar vida ao nosso primeiro álbum!

Por quê um financiamento coletivo?

 A Mamamute acredita que todas as bandas devem ter a oportunidade de mostrar o seu trabalho para o mundo. 

Quem não chora, não mama.