Batucada Tamarindo - 1º Disco

 

 

“Além da postura política de cada um destes grupos e pessoas, isso aqui já dá uma África, um Brasil que dá muito pano pra manga pra ler e reler”. 

(Maurício Badé)

 

Batucada Tamarindo, um grupo percussivo criado em 2006 que reúne o talento de músicos e pesquisadores da musicalidade dos batuques afro-brasileiros e latinos. Nesse caldeirão cultural, algumas influências são norteadoras do trabalho: O cantor, compositor e repentista baiano Bule Bule; o mestre Gilberto Gil; o Samba Chula (região do Recôncavo Baiano); a banda pernambucana Mestre Ambrósio, (Movimento Manguebeat da década de 90, da qual o integrante Maurício Badé fez parte) e o grupo baiano Tincoãs.

 

O PROJETO    

As culturas negras têm na oralidade sua principal característica. Gerações e gerações aprenderam ritmos com suas mães, avós e pais. E é assim que a teia da ancestralidade vai sendo tecida para permanecer viva e pulsante.

Após 12 anos de estrada, sentimos a necessidade de registrar em um disco, parte significativa da nossa história.  

Escolhemos a parceria do Estúdio Minduca para abrigar esse momento tão importante, e a presença de Webster Santos como produtor musical. O disco traz releituras do repertório afro-brasileiro – cantigas de candomblé, gêneros populares tradicionais – e músicas autorais.

Usamos instrumentos de diversas tradições percussivas negras tais como o Ilú (candomblé Nagô); Atabaque (candomblé Ketu e Angola, Capoeira); em diálogo com instrumentos de corda como o baixo elétrico e a guitarra baiana

 

A CAMPANHA

O modelo que escolhemos para essa campanha é TUDO OU NADA. Precisamos atingir a nossa meta  para que o recurso seja liberado. Em caso contrário, o dinheiro volta para os contribuintes.

A meta é de R$ 30.000,00 e será utilizada para custear parte da produção do disco e a entrega das recompensas.

 

CONVITE

Como a coletividade também é uma característica nata das culturas africanas e afro-diaspóricas, a Batucada Tamarindo convida você a fazer parte desta roda através do apoio à campanha de financiamento coletivo. Será através desta iniciativa que a Batucada busca gravar seu primeiro álbum.

E para fortalecer essa relação, há uma série de recompensas repletas de axé e africanidade para quem chegar e contribuir para esta Batucada com gosto de Tamarindo chegar ainda mais longe. São algumas delas:

 

 

Esta é a camiseta da Batucada Tamarindo com o nosso logo. Teremos diversas opções de cores e tamanho.

 

Oficina de Percussão Popular de Pernambuco com Maurício Badé

 

Oficina de Maracatu de Baque Solto com Mestre Nico

 

Oficina de Danças Populares Pernambucanas com Mauríco Badé

 

Oficina Musicalidade do Candomblé com Alysson Bruno

 

Oficina A Rítmica do Ilú com Abuhl Júnior

 

Este é um dos xequerês exclusivos feitos artesanalmente por Márcio Monjolo, bailarino e luthier de Pernambuco

 

Esta é a alfaia feita pelas mãos do grande mestre Maureliano, luthier de Pernambuco, o mesmo que fez as primeiras alfaias da Nação Zumbi e que também já foi de Abuhl Júnior, integrante da banda. Ela pode ser sua :)

Zabumba Bauer doação Marcos Padis

 

Esta gravura exclusiva de Joana Lira, artista plástica de Pernambuco, que já criou e enfeitou a cidade de Recife e Olinda no carnaval com sua bela arte respeitando as figuras carnavalescas locais.http://www.joanalira.com.br/

 

BATUCADA TAMARINDO É:

Mauricio Badé – percussão e voz

Alysson Bruno – percussão e voz

Abuhl Júnior – percussão e voz

Mestre Nico – percussão e voz

Ilker Ezaki – percussão e voz

Aimê Uehara – baixo, guitarra baiana e voz

 

REDES SOCIAIS

Facebook - Batucada Tamarindo

Instagram - @batucadatamarindo

producaotamarindo@gmail.com