Ação Musical

Você conhece um projeto que possibilite que as pessoas desenvolvam sua musicalidade com liberdade e autonomia? E que dê acesso à educação musical a pessoas de todas as idades que nunca tiveram a oportunidade de estudar música? Que ajude pessoas mais velhas e também crianças a terem outras perspectivas e darem outro sentido à própria vida através da música? Ação Musical é um projeto que existe para fazer a diferença na vida de pessoas como essas. Para proporcionar a experiência de conhecer um instrumento ou apenas destrancar o desejo guardado de conhecê-lo. São crianças, jovens e adultos, pessoas que possuem um desejo enorme de levar um pouco de música para suas próprias vidas.

Ação Musical é um projeto social de educação popular gratuito, voltado para o ensino de música para todas as idades em Porto Alegre. Com início em 2014, o projeto já contemplou mais de 1500 alunos de múltiplas situações socioeconômicas, desde comunidades em vulnerabilidade social e jovens de escolas públicas que não possuem música no currículo, até pessoas de classe média que desconheciam a importância da educação musical. Democratizamos o acesso ao aprendizado musical, contando com professores em formação no ensino superior e técnico. 

O projeto é independente e não tem custo financeiro para os alunos. Tem sobrevivido graças à ajuda dos professores e às campanhas de financiamento coletivo. Por isso, contamos com ajuda espontânea de colaboradores que contribuam para seguirmos nossas aulas no Ação Musical.

Para continuar com o projeto priorizando uma educação de boa qualidade, precisamos do seu apoio para as seguintes metas:

1) Incentivar os professores financeiramente, propondo que invistam em sua formação, materiais didáticos e transporte para os locais de atuação do Ação Musical. Valor: R$ 3218,00. Ajuda de custo semestral de 718,30 para cada um dos 4 professores e taxa do Partio (R$ 344,80). 

2) Comprar novos instrumentos para acompanhar as demandas de novos alunos que o projeto pretende contemplar. Valor: R$ 3852,80.

4 violões infantis novos: R$840,00

4 violões: R$880,00

2 teclados novos com fonte: R$1.320,00

Instrumentos de percussão variados: R$400,00

Taxa do Partio: 412,80.

3) Elaborar registros audiovisuais para difundir e ampliar os fazeres artísticos e práticas educativos do projeto. Valor: R$ 4800,00. 

Gravação de CD de 6 faixas com mixagem e masterização: R$ 2000,00

Gravação de clipe: R$ 1000,00

200 cópias de discos em envelope com arte: R$ 1000,00

Despesas com material gráfico e arte: R$ 285,70

Taxa do Partio: 514,30

Mais sobre o projeto:

A educação musical é um conhecimento indispensável para a formação humana e, infelizmente no Brasil, foi incorporada à educação artística e, na maioria das vezes, é negligenciada porque a formação dos professores contratados para dar as aulas de artes são artistas e educadores visuais. Desde 2008 existe a lei 11.769, que torna o ensino de música obrigatório no currículo de escolas públicas e privadas do Brasil e, por diversos motivos - que vão desde a precarização da educação brasileira até desvalorização da cultura e da música, dentre outros -, muita gente fica de fora do aprendizado de música e, assim, fica impossibilitado de acessar esses saberes proporcionados pela educação musical: aprendizados que são transdisciplinares, isto é, auxiliam na compreensão e assimilação de saberes para além das disciplinas, passando pelo autoconhecimento e do conhecimento dos outros indivíduos no mundo e com o mundo.

Em 2016, o Ação Musical realiza oficinas e aulas em escolas de Porto Alegre, entre elas a Escola Infantil da Vila São Pedro (comunidade conhecida como Cachorro Sentado), propondo atividades de musicalização e sensibilização artística para aproximadamente 60 crianças de 0 até 7 anos de idade, em turmas do berçário, maternal e jardim. Também, nas tardes de sábado, ministramos aulas em um espaço cultural na Rua Vieira de Castro (Porto Alegre), onde já participaram mais de 200 alunos de todas as idades. No segundo semestre de 2016, além de continuar as atividades já descritas, ampliar nosso projeto para outras escolas estaduais periféricas de Porto Alegre, além da comunidade do município de Viamão, na quadra da escola de samba Unidos da Vila Isabel. O Ação Musical existe para problematizar a não aplicabilidade da lei 11.769, que deveria garantir o acesso ao ensino de música para estudantes de escolas públicas e privadas do Brasil. 

Acompanhe o Ação Musical nas sociais:

+ Facebook